© 2017 Ana Carolina Pereira Costa. Todos os direitos reservados. 

February 24, 2019

December 11, 2017

October 9, 2017

June 18, 2017

April 17, 2017

Please reload

Posts Recentes

I'm busy working on my blog posts. Watch this space!

Please reload

Posts Em Destaque

Felicidade hoje

January 22, 2017

  

Lendo o livro “Waking Up: A Guide to Spirituality Without Religion”, do Sam Harris (em português, o título é “Despertar: um guia para a espiritualidade sem religião”), me chamou a atenção uma passagem em que ele coloca o seguinte: todos os nossos objetivos e metas têm por trás a promessa de que, se forem alcançados, finalmente teremos a oportunidade de relaxar e viver nossa vida no presente. Ou seja, só então teremos as condições ideais para nos tornarmos mais felizes. Como o autor mesmo coloca, estamos buscando razões e meios no futuro para tornarmos o agora mais tolerável.

 

Essa realidade é comum no caso de pessoas que estão descontentes com seus corpos e buscam de forma constante formas de transformá-los: por meio de exercício e/ou dieta. Não estou dizendo que há algo de errado nisso, mas quando enxergamos que não seremos plenamente felizes a não ser que essa transformação corporal aconteça, talvez esteja na hora de repensar. 

 

Muitas vezes, a promessa do emagrecimento traz mais alegria do que o emagrecimento de fato. Tenho pacientes que emagreceram bastante e que acabaram constatando que nada de concreto havia mudado em suas vidas: o emprego era o mesmo, ele ainda estava solteiro e os pais continuavam chatos.

 

E se pudéssemos encontrar razões no agora para sermos felizes? E se essas razões contemplassem até mesmo a “imperfeição” do nosso corpo? E se percebêssemos que a verdadeira promessa de felicidade está na nossa transformação interior, e não exterior?

 

 

Boa semana a todos!

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Siga
Please reload

Procurar por tags